26 de jul de 2012

Resenha: "Nunca Diga Adeus"


Classificação: 4/5
Editora: Arqueiro
Autor: Doug Magee
Ano: 2012
Páginas: 240
ISBN: 9788580410488

Com apenas 9 anos, Sarah está prestes a viver uma grande aventura: vai viajar sem os pais pela primeira vez na vida. A viagem tinha tudo para ser feliz e inesquecível, mas logo se transforma num terrível pesadelo. Sem o marido para ajudá-la, Lena, mãe de Sarah, confere e assina os documentos autorizando a ida da filha. David saiu de casa cedo dizendo que recebera uma ligação do trabalho. Mais uma desculpa esfarrapada que ela não engoliu. O casamento está em crise, mas ela acredita que os dois vão conseguir se acertar no período em que a menina estiver fora. Já pensando nos momentos a sós com o marido, Lena entra em pânico quando uma segunda van chega para buscar Sarah. Pouco depois, ela descobre que o primeiro motorista não faz parte da equipe do acampamento e que sua filha e outras três crianças foram sequestradas.

Primeiramente, tenho que avisar que tirei o último pedaço da sinopse! Por que, Milena? Simples: tem algumas pessoas que se incomodam com os menores detalhes de um livro, e que muitas vezes nem leem a sinopse com medo de encontrar algum spoiler. Por isso, eu tirei essa última parte! Quem quiser conferir a sinopse completa, baste acessar a página do livro no site da editora clicando aqui. Agora vamos a resenha!

A história começa girando em torno de Lena, mãe de Sarah, que insatisfeita com o seu relacionamento com o marido, vê uma oportunidade de se aproximar dele durante a viagem da filha para um acampamento de férias, muito comum nos EUA. Lena coloca a filha dentro da suposta van para o acampamento e retorna para a sua casa. Quinze minutos depois, uma outra van toca em sua casa dizendo que era a van do acampamento e Lena chega a seguinte conclusão: sua filha de 9 anos tinha sido sequestrada com outras 3 crianças.

Estava muito ansiosa para ler esse livro, confesso. Tinha lido uma resenha sobre ele em algum blog e a história tinha me chamado muita a atenção. Eu adoro um mistério e um suspense no livro, porém não imaginava o que encontraria nesse livro. Depois da leitura, cheguei em uma conclusão: esse livro não é somente sobre mistério e suspense, e sim sobre o desespero de pais que tiveram seus filhos sequestrados.

Confesso que fiquei muito aflita durante a leitura e não sabia se parava de ler o livro para parar com essa ansiedade, ou se continuava lendo para saber o resto da história. Fiz os dois! Hahaha... pegava o livro para ler por uma hora, depois parava e ia tomar um ar, uma água.. o tempo suficiente para processar a história e os sentimentos desses pais e retornar a leitura.

O livro é narrado em terceira pessoa, então além de sabermos o que está acontecendo com os pais dessas crianças, sabemos o que está acontecendo e o que está por dentro da mente dos sequestrados E das crianças sequestradas! Essa foi a parte que mais me chamou atenção no livro.. muitas vezes, analisava as ações das crianças, principalmente de Sarah, e achava muito madura para a sua idade, embora os pais enfatizem desde o começo que Sarah é uma criança durona, esperta e independente.

Resumindo: uma leitura que faz com que você se envolva na história de tal modo, que é necessária algumas pausas durante a leitura para processar os acontecidos. Nunca tinha parado para imaginar o desespero de pais que perderam seus filhos seja por sequestro ou outras formas, e esse livro fez com que eu me colocasse no lugar de cada um.

A editora está de parabéns com a diagramação e a capa do livro! Páginas amareladas e os capítulos não foram separadas de página por página, e sim logo que acabavam um, na mesma página já tinha o outro capítulo. Eu não vejo nenhum problema em capítulos separados assim, até acho mais fácil pois a leitura fica contínua.

26 comentários:

  1. Oi Mi!
    Imagino que o livro deva dar bastante aflição mesmo, é um tema sério! É muito bom quando conseguimos tomar o lugar das personagens e compartilhar das mesmas emoções delas!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. O Milena!
    Os capítulos intercalados é uma forma até de minimizar essa curiosidade, acho bom isso, ficamos sabendo de vários ângulos a história. Deve ser tenso e emocionante acompanhar o desespero dos pais e sempre torcemos para um final feliz. Mesmo sem ler acho que a capa consegue captar bem a essência do livro..

    Bjs :D
    Ensaios de uma Leitura

    ResponderExcluir
  3. Oi Mi!
    Quando li a sinopse e resenha comecei a pensar: E se fosse comigo?! Nossa, que aflição e desespero!
    Mas gosto de livros nesse estilo, suspense!
    beijo!

    Ver nas Unhas

    ResponderExcluir
  4. Que aflição quero ler gosto de livros que envolva [que da vontade de ler todinho no mesmo dia obrigada pela visita bjcas

    ResponderExcluir
  5. Oi Milena!
    Ganhei esse livro em um sorteio e realmente só vejo elogios sobre ele! Tenho essa mania também de não saber o que fazer quando a leitura está eletrizante e acabo parando um pouco e depois pegando para ler de novo! Também gosto muito de mistério e suspense então, acho que vou gostar da leitura!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Mi!
    Essa história deve dar um desespero mesmo! Fico imaginando se acontecesse comigo...
    Spoiler na sinopse é sacanagem, ainda bem que você cortou mesmo.

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  7. Eu nunca tinha ouvido falar dessa livro, mas pelo que você falou parece ser bem desesperador! hahaha
    É bom livros assim, que nos faça envolver na história e ultimamente tenho encontrado poucos livros assim.

    Passa no meu blog?
    livrosedesejos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Muito boa a dica, até anotei o nome aqui pra comprar o livro rs Sério, fiquei muito curiosa :o

    http://help-adolecentro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Ainda não tive oportunidade de ler este livro
    Mas me parece ser bem dramatico e emocionante

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Nunca tinha ouvido falar nesse livro.
    Achei muito legal sua resenha,mas não acho que é meu tipo de livro.
    Boa Semana.

    Mariana - World of Tori Vega.
    @mariworldoft_

    ResponderExcluir
  11. Ah, fiquei super afim de ler!

    Beijos flor.

    ResponderExcluir
  12. Oi Mi
    esse livro é tenso realmente.
    Mas achei que o final foi tão previsível.
    Mesmo assim eu amei a leitura.
    bjos

    ResponderExcluir
  13. nossa, o enredo parece ser mesmo daqueles que te faz mergulhar na historia. Deve rolar uma aflição enquanto se lê, né?

    beijos

    ResponderExcluir
  14. oiee,
    gostei muito da resenha. O livro parece ser um drama familiar muito interessante. Fiquei com bastante vontade de ler.
    boa semana
    ;*

    dudsparrow.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi, Mi! ^^
    Desde que eu ouvi falar desse livro pela primeira vez também fiquei super curiosa. A história é bem interessante, adoro mistério com suspense e acho que essa trama com sequestradores, pais desesperados e crianças capturadas, deve mesmo render momentos de muita aflição. A leitura parece ser ótima, bem ágil e surpreendente.
    Beijocas!
    Ps. Que lay liiiiindo! Ainda não tinha visto e adorei demais *.*

    ResponderExcluir
  16. Oi!
    Acredito que esse livro seja muito bom. A história de fato, parece ser muito surpreendente.
    Parabéns pela resenha!
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  17. Não faz muito meu estilo mas parece ser emocionante mesmo.

    Beijocas,
    Thais Priscilla
    http://thaypriscilla.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Tinha visto uma resenha sobre esse livro que tinha me deixado super curiosa em relação a ele, a sua resenha só fez intensificar isso. Gosto desse estilo de livro.

    Beijos, Bi
    http://behindenemyline8.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. OMG, deve ser um sofrimento a cada página virada :'/
    Tenho que me "preparar" para ler esse livro, parece ser profundo, angustiante :')
    Ótima resenha diva, sucesso SEMPRE, beeijão :*

    Ewerton Lenildo - @Papeldeumlivro
    papeldeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. A história parece ser muito interessante, mas deve ser muito angustiante ler um livro assim... Eu até curto um mistério, mas acho que ficaria muito aflita lendo este.

    Bjinho,
    Pri.

    ResponderExcluir
  21. Meeeeeeu Deus amei a capa desse livro que menina fofa! *-----*
    Gostei muito do que você disse na resenha com certeza, esse livro entra na lista dos livros que valem a pena ler! Mil Beijos!
    http://pensamentosdeumageminiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  22. Mi, esse livro parece ser bem forte, ein? Imagino que deve ser desesperador perder a filha assim. Ai, já estou até com o estômago embrulhado agora.
    Mas a dica já está anotada!

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  23. Nunca tinha ouvido falar do livro, mas realmente parece interessante. A capa já sugere bastante e, como sou facilmente atraída por elas, me interessei. Acho que nunca li um livro sobre sequestro, não que me lembre e esse parece muito bom pra começar. Entretanto, acho que estou num clima mais "romances" agora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi Milena!
    Já tinha ouvido falar neste livro, mas ainda não tinha lido nenhuma resenha... e agora fiquei curiosa! Parece um livro muito bom, bem tenso... deve ser meio perturbador sentir-se na pele de quem perdeu um filho, né? O.O
    Adorei sua resenha!
    Bjus,
    Paty Algayer - http://www.magicaliteraria.com/

    ResponderExcluir
  25. Eu também adoro a diagramação da Arqueiro, eles poupam páginas, não criando livros monstruosos, mas ainda sim não deixam o livro super compactado!

    Eu já li um livro sobre crianças sequestradas - o tema principal não era esse, mas foi muito bem abordado - e gostei da sua resenha! Você escreve bem =D

    Comentando o que li, devo dizer que adoro esse clima de mistério e agonia. Isso aconteceu comigo enquanto eu lia A Cidade do Sol e Cruzando o Caminho do Sol (ambos com sol no nome, que coincidência kkk). Quando vc disse que uma segunda van chegou, eu fiquei: VISH!

    Acho que vou pedir esse livro de parceria com editora, realmente gostei da sua resenha e ela me convenceu!

    Ah, antes de dar tchau, eu também costumo dar pausas em livros para tomar um ar ou fazer um lanche enquanto processo a história. Fiz isso com toda a trilogia Jogos Vorazes haha.

    Adorei seu post!

    www.nathlambert.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi Milena!
    Já havia lido algumas resenhas do livro e estou com muita vontade de ler. É ótimo ler livros em que você fica tão ligado na história que um pouco do suspense e mistério do livro passam para você e você fica desesperado para saber o que está acontecendo e ainda sofre com a dúvida! Pelo que li você passou um pouco disso enquanto lia esse.
    Gosto de mistérios, mas acredito que, neste caso, o principal ser o desesperos dos pais torne a narrativa muito interessante também.
    Enfim, espero poder ler ele logo. Abraço!

    http://www.livreiromaluco.com/

    ResponderExcluir