17 de jul de 2011

Resenha: O Confronto, Diários do Vampiro #2

Classificação: 4/5
Editora: Galera Record
Autor: L.J. Smith
Série: Diários do Vampiro
Ano: 2009
Páginas:224
ISBN: 978-85-01-08616-7

Há muito tempo, quando transformou Damon e Stefan em vampiros, a bela Katherine nunca imaginou que separaria os irmãos para sempre. Seu coração pertencia aos dois, mas ambos a queriam para si. A batalha pelo coração da jovem culminou em sua morte e num pacto de vingança entre os irmãos Salvatore. Refém do acaso, Elena Gilbert não demora a perceber que, se existe algo mais arriscado do que estar apaixonada por um vampiro, é ser desejada por dois deles. Enquanto Stefan luta para controlar seus instintos, Damon persevera na missão de conquistar Elena; mas o perigo espreita o destino dos três.

Confesso que quando comecei a ler "O Confronto" fiquei bem desanimada. O começo do livro foi meio enrolado, apesar de um acontecimento em especial na tentativa de dar alguma ação a história, mas sem sucesso. Porém do meio para o final do livro, a história começou a ficar interessante e foi isso que o diferenciou do primeiro livro. Quando terminei de ler "O Confronto" já peguei "A Fúria" para saber o que aconteceria e qual seria o desenrolar da história, ao contrário de quando terminei de ler "O Despertar".

Muitas pessoas comparam a série Diários do Vampiro com a saga Crepúsculo e até entendo porquê. O romance de Elena com Stefan lembra um pouco do romance de Bella com Edward. Mas em Diários do Vampiro, os papéis estão trocados. Enquanto em Crepúsculo é Edward quem tenta proteger Bella, em Diários do Vampiro, é Elena que tenta proteger Stefan. Mas Bella e Elena, tirando a semelhança entre os romances, não tem mais nenhuma semelhança. Elena é uma personagem ativa e forte, ao contrário de Bella, que aparece fraca e debilitada (muito visível em Lua Nova).

Concluindo, posso dizer que esse livro vale a pena por causa do final (ultimamente os livros que estou lendo valem a pena por causa do final, hahaha) mas sinto que a série vai começar a esquentar. Principalmente porque Damon resolver dar as caras de uma vez. Vamos ver como vai ser o próximo livro...

2 comentários:

  1. É, dá mesmo pra comparar as duas histórias! Não duvido nada que a Stephanie Meyer tenha se inspirado, nem que seja um pouco, em Diários do Vampiro.
    De qualquer forma, eu não gostei tanto assim dos livros...Li só os 2 primeiros, não li os outros por falta de oportunidade mesmo. Mas a história não me prendeu tanto. Já Crepúsculo, eu adorei a série toda hehe!
    Beijos Mi!!

    ResponderExcluir
  2. Damon <3 Lindo d+ rsrs

    Eu gosto mais da série de TV do que dos livros, mas tb gosto dos livros, claro... Só que na TV eu posso ver a perfeição do Damon, então né? rs

    Ainda tenho que ler A Fúria!

    Bjs, Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir