8 de out de 2011

Resenha: Chama Imortal

Classificação: 4/5
Editora: Reflexão
Autor: Valentine Cirano
Ano: 2010
Páginas: 338
ISBN:
9788561859329

A editora não disponibiliza o primeiro capítulo em seu site!
Por quanto tempo perdura um verdadeiro amor? O tempo pode apagar a chama ardente da paixão? O belo romance “Chama Imortal”, a saga dos guerreiros imortais, mostra que o verdadeiro amor, não somente permanece por uma vida, mas dura para sempre, através de uma bela ficção. A autora narra a estória de um casal (Nivar e Lohanna) que encontrará no transcorrer da vida a maior recompensa de nossa temporal existência, a saber, o amor. Afinal, o verdadeiro amor transpõe os liames da existência humana, se perpetuando por gerações na eternidade. Nem o tempo, nem a distância, podem apagar a Chama Imortal da paixão. O romance mais belo de 2010, que tem levado vários leitores a uma reflexão sobre os limites do verdadeiro amor. Uma grande aventura cheia de romantismo, encanto e magia que vai te conquistar.

 Queria começar esse post já agradecendo a Valentine Cirano, autora desse livro, por ter disponibilizado para mim um exemplar de seu livro. Muito obrigada!

Quando comecei a leitura desse livro percebi que a linguagem era um pouco diferente da que estou acostumada. Como se passa em uma época muito antiga - 2.223 a.C, põe antigo nisso! - fiquei preocupada de não entender algumas coisas, mas mesmo com uma linguagem antiga e diferente para mim, a leitura foi fácil.

A história começa com Habis, um homem de 67 anos que é casado com Neferet e mora no deserto. Como sua esposa é estéril, eles não possuem filhos. Habis sempre desejou ter filhos para treiná-los a serem guerreiros e como não tinha nenhum filho, foi para a cidade em busca de crianças que ele possa treinar e que possam se tornar guerreiros que irão proteger sua cidade de outros povos. Entre essas crianças estão Nivar e Lohanna.

Já no começo da história, Valentina nos conta que Lohanna sempre admirou Nivar mesmo quando criança. Lohanna tinha 12 anos e Nivar 16. Conforme os anos iam se passando, essa admiração foi mudando e um sentimento novo ia crescendo no coração da jovem Lohanna. Porém Nivar não sabia o que sentir, pois olhava para ela com um olhar de irmão. Depois de muitas conversas, Nivar e Lohanna assumem seus sentimentos um pelo outro e se casam. Até aí, tudo bem. Mas é então que a história começa a se complicar...

Habis sempre acreditou em uma história em que seu pai contava, que havia um homem chamado Acchi que foi abençoado pelos deuses por sua nobreza com a imortalidade, tornando-se um deus. O homem que encontrasse Acchi poderia lhe pedir a imortalidade, porém iria ter que passar por provas que mostrassem a sua coragem e nobreza, caso contrário, morreria. Habis conta essa história para Lohanna e então, ela põe na cabeça de Nivar para que eles procurem Acchi, pois com medo da morte, Lohanna deseja muito a imortalidade. E ele aceita.

Só não continuo contando mais a história, porque senão eu chego no começo da metade do livro e não quero que vocês saibam mais nada porque a história é realmente envolvente. O livro conta sobre a busca da imortalidade por esse casal e as consequências que isso traz para os dois, que não são nada boas. Chama Imortal é um livro envolvente, intrigante e algumas partes revoltantes por causa de Lohanna. A impressão que passa é que Nivar é muito mais apaixonado por Lohanna do que ela por ele. Muitas partes do livro eu tive vontade de entrar nele só para dar uns tapas nela. Só que isso não seria possível, porque se isso acontecesse, eu perderia e MUITO feio porque Lohanna é uma das melhores guerreiras de sua "tribo". Quis pegar Nivar para mim, sério. Hahahaha.

Dei classificação 4 para o livro porque eu achei que o Nivar poderia ter sido mais feliz durante o livro e não a procura de Lohanna sempre. Isso me estressou um pouquinho. O livro vale muito a pena! Adorei ter a oportunidade de lê-lo! :D

8 comentários:

  1. Os adultos vivem dizendo que a adolescência é um dos perídos mais
    marcantes da vida. Mais o que o adolescente pensa disso? (sinopse do meu blog)
    Acessa o meu blog?
    "Blog de uma adolescente"

    http://blogdeumagarotaadolescente.blogspot.com/

    Espero a sua visita, se gostar do meu blog, segue lá, ficarei muito feliz.
    Desde já obrigada, tenha uma ótima semana.
    Atenciosamente Tainã Almeida.

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi!
    Eu sou muito curiosa pra ler esse livro!
    Gostei de saber que a leitura flui fácil, mesmo com a história se passando em uma época tão antiga!
    Beijão!
    P.S: O livro chegou e eu amei a cartinha com o marcador, viu? Muito obrigada :D

    ResponderExcluir
  3. Agora vi que realmente o amor não tem limite, adoraria poder ler essa história linda, parabéns pela resenha Mi!
    Rafazildo!
    Leituras Vivas

    ResponderExcluir
  4. Gosto da sinopse desse livro. Preciso ler ele. Estou numa vibe de romances esses dias. Gostei da sua resenha!

    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Gostei muito da sinopse, e pela resenha parece ser o tipo de romance que eu curto.
    Atualmente muitos livros de autores nacionais tem entrado na minha listinha de compras, e esse é um deles.
    bjos

    ResponderExcluir
  6. Oi, muito legal esse livro e fiquei com mais vontade de ler ainda por causa da capa. Amei!

    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  7. Floor esta rolando o sorteio de 3 MARCADORES AUTOGRAFADOS DE ANJO NEGRO
    Participe!
    Imaginayre.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Tenho vontade de ler esse livro, também gostei bastante da sua resenha,um fato que você ressaltou e que me agradou foi a leitura ser fácil apesar da história ser adaptada há muitos anos atrás. E também por ser uma história completamente romântica.
    Beijinhos.

    Books e Desenhos

    ResponderExcluir